Escravos sem saber

As palavras têm um poder tremendo, podem gerar vida ou acabar com ela. Nelas encontramos verdades ou nos enlaçamos em mentiras. Elas tomam a nossa atenção, elas criam raízes. Elas existem e persistem… na nossa mente, na nossa conduta. Quando mal atribuídas podem sujeitar-nos a uma história completamente diferente daquilo que nos estava proposto.

Olhando para nós, quanta intensidade já colocamos nas nossas palavras? A intensidade foi em erguer ou derrubar? A intensidade foi em libertar ou escravizar?

Por isso mesmo é que eu não consigo parar de me focar em Deus, sobre aquilo que Ele diz a nosso respeito. A intensidade de amor que as Suas palavras carregam é tamanha ao ponto que Jesus se fez humano para provar isso mesmo. Ele libertou-nos de um jugo pesado, de palavras amargas e destrutivas. Ele apresentou-nos o Pai que nos trouxe uma verdadeira revelação de quem Ele é e de quem nós somos.

Ouve com atenção quando Ele diz que és forte ainda que te sintas na maior fraqueza. Ouve e concentra-te como Ele te criou ainda que te sintas inapropriado(a). Ouve e delicia-te quando Ele diz que és filho(a) amado(a), embora penses que não te encaixas. Olha para ti… não existe ninguém igual. Um Deus único que te criou à Sua imagem e semelhança: único(a).

Agora, preferes acreditar na verdade que te liberta ou na mentira que te escraviza?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s