O ponto de partida

4 comentários sobre “O ponto de partida”

  1. Para além de expressares que necessitamos nos movimentar, seja qual for o piso que os nossos pés calcarão, ainda aguças a vontade de parar para rever a nossa caminhada.
    Excelente texto. Sem dúvida, és uma pensadora nata!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s