FILME: O Livro de Eli

*Esse texto pode conter spoiler do filme

Um mundo pós-apocalíptico. A maioria das pessoas morreram. Os recursos para a sobrevivência são escassos. Nesse cenário, existe alguém que resiste às dificuldades climáticas e ao caos generalizado com um propósito maior: Eli, representado por Denzel Washington.

Um homem aparentemente cego – tenho minhas dúvidas sobre sua cegueira, mas é o que o filme leva-nos a crer -, com uma certa idade, lutando contra falta de água, comida, ladrões e assassinos nas estradas com um só propósito em mente: Chegar ao Oeste!

A perseverança de Eli em meio as dificuldades enfrentadas em sua jornada é o ponto alto do filme. Uma aventura que se pararmos para refletir pode nos deixar ensinamentos valiosos. Em nossas vidas, nem sempre encontraremos facilidades para alcançarmos nossas metas e se as encontrarmos, devemos refletir se este realmente é o caminho a ser seguido. Eis outros pontos de reflexão a partir desse filme:

1- As dificuldades não são motivo para desistir

Eli sabia que sua jornada não seria fácil, pois a terra estava muito inóspita, faltava água, comida… e teria que caminhar por um sol escaldante até o Oeste. As dificuldades não podem nos afastar dos nossos objetivos, pelo contrário, devem aumentar o desejo pela conquista. Todas as atividades que demandam alto rendimento tem um nível de exigência alto, porém quanto maior o grau de dificuldade, maior será a conquista (acredite nisso!).

Vencer um período de dificuldades mostra o nosso valor, pois, quando muitos deram as costas e desistiram da peleja, estivemos encarando o monstro e o vencendo. A maior marca do vencedor são os seus ferimentos de batalha e quando a conquista vem, podemos nos sentir realizados e certamente tudo o que tivermos após aquele prêmio será muito mais valorizado do que se tivéssemos recebido algo sem merecer.

2- “Andar por fé e não por vista”

Essa frase acima é citada literalmente pelo personagem Eli em conversa com Solara, a escrava fugitiva do grande dono das terras do pós-apocalipse, Carnegie.

Eli não tinha recursos para enfrentar a peleja, e ainda teria que lutar com os capangas de Carnegie, sedentos por possuírem o livro sagrado que estava em sua posse. Este livro era seu companheiro de todos os tempos e era o combustível que ele precisava para seguir viagem.

“Visto que andamos por fé e não pelo que vemos” ( 2 Coríntios 5:17)

Esse é o ápice do filme, pois mostra que o sofrimento em alguns momentos é importante! Como homens, buscamos sempre levar vantagem porque somos imediatistas, momentâneos, mas aquele que vive por fé sabe da recompensa que terá por seu sofrimento. Os problemas para o homem que vive na fé verdadeira é uma preparação para a sua grande recompensa futura!

Em suma…

É um filme excelente para assistir, pois como foi mencionado anteriormente, há muita ação, aventura, uma grande atuação de Denzel Washington, que para mim é um dos grandes atores do cinema americano e além de todo o dinamismo, é uma trama muito filosófica.

Em um mundo pós-apocalíptico, onde não há legislação e a ignorância é geral, as pessoas não irão temer nada, sua busca pela sobrevivência as fará roubar, matar… pois elas não tem referência daquilo que é virtuoso. Então chega Eli, um homem que conhece a verdade na qual é revelada em um livro, a Bíblia Sagrada, e baseado nesse livro, ele aprende sobre o amor ao próximo, a gratidão a Deus e principalmente que aquele livro não deixará o mal prevalecer e que Deus controla soberanamente o mundo conforme a Sua vontade e que no momento certo a vitória chegará para o justo.

DANILO BRIANO


+info: O Livro de Eli | Lançamento: março de 2010 | Direção: Albert Hunghes, Allen Hunghes | Gênero: Ação, Aventura, Drama, Faroeste  Duração: 1h 49m

Trailer: https://youtu.be/t3qJj_ljctE

8 Comments

  1. Já tinha visto o filme, e lembro-me que vi e revi várias vezes.
    Parabéns pela análise! Fizeste-me compreende que, as dificuldades não são motivo para desistir, como não podem ter poder para estipular quem Deus é e quem nós somos.

    (agora já sei que filme vou rever domingo à tarde)

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s