Sobre esses dias de quarentena #1

Que clima tenso! Hoje faz sete dias que não saio de casa. Por algumas razões tive de me recolher alguns dias antes da questão do coronavírus explodir em Belo Horizonte, e agora, a cada dia que passa, as coisas se agravam, de maneira que o isolamento é uma realidade e necessidade.

Eu sou uma pessoa muito caseira, ficar em casa não é um problema para mim. Meu maior desafio nesse tempo porém, sem dúvida, será manter a calma da mente, não mergulhar em ansiedade. E nesse objetivo, depois da oração e leitura da Palavra, o que tenho para tanto é ler e escrever.

Ainda que em meio a tantas notícias ruins seja difícil se concentrar, é o que sei que funciona. Se ocupar será muito importante nesses dias… de fato!

A quebra da rotina, o cansaço que vem do descanso prolongado demais, e portanto as batidas do ócio na mente, no corpo, na alma é algo insuportável. Nesse sentido nunca esqueci das palavras de Pedro Nava no primeiro volume de suas memórias:

Porque trabalho ordenado, obrigações em hora certa, deveres cronometrados e labutas pontuais prendem o corpo mais fortemente que cadeados e trancas. Sujeitam o pensamento solto. Anulam a divagação preguiçosa. Previnem a descida dos três degraus sucessivos da abominação: pensamento, palavra e obra.

De sorte que, mais do que contrair o vírus, temo três coisas nessa quarentena e contra as quais lutarei bravamente em vigilância, oração e ação: transmitir o corona para alguém, a ansiedade e o ócio.

*Crédito imagem: aqui

2 comentários em “Sobre esses dias de quarentena #1

  1. Eu também não saio, até porque minha mãe com 85 anos integra o grupo de risco máximo, gosto de estar em casa, mas adorava nos tempos livres ir ver o mar e a montanha do Pico na ilha em frente. Estou em teletrabalho e a minha atividade laboral não está a ser afetada, todas as ilhas dos Açores estão isoladas do exterior e entre si, apenas circula mercadoria e pessoas por motivos de saúde. Nesta ilha apenas um caso surgido há uma semana mas o governo regional está a ser muito ativo no controlo da pandemia.

    Curtido por 3 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s