Breve Comentário: 5 sermões em Cantares de Salomão

Minha leitura bíblica na versão NVT chegou em Cantares de Salomão ou como também é conhecido Cântico dos Cânticos. Um dos livros da bíblia que nunca parei seriamente para meditar ou entender sua mensagem. Resolvi então, ler essa pequena seleção de sermões do Murray, traduzida e publicada pelo site O Estandarte de Cristo, que aproveito a oportunidade para recomendar mais uma vez, eles disponibilizam muitos materiais gratuitamente e vêm trazendo muita coisa em formato impresso e digital pela Amazon.

Ler Murray foi uma grata surpresa para mim. O primeiro sermão “A Voz do Meu Amado” além de descortinar o trecho de Cânticos 2:8-17, é um dos textos mais lindos que já li. O estilo de escrita dele é firme mas belo, harmonioso e sensível, fiquei imaginando como devia ser a experiência de ouvi-lo pregar.

Segundo ele, Cantares de Salomão é composto não de um cântico, mas de muitas canções; e essas canções estão em uma forma dramática, como as parábolas de Cristo, elas contêm um significado espiritual, sob a veste e ornamento de alguns episódios poéticos. Assim essa passagem de Cânticos 2:8-17 compõe um desses cânticos dramáticos. Bem como as outras passagens escolhidas como base dos outros sermões.

Nessa seleção além de “A Voz do Meu Amado”, encontra-se: “Motivos para Agarrar-se a Jesus”, “Qual o Lírio Entre os Espinhos Tal é Meu Amor Entre as Filhas”, “A Igreja – Jardim e Fonte Selada de Cristo” e “Tu Que Habitas nos Jardins”.

Não há nenhum outro livro da Bíblia que proporcione um melhor teste da profundidade do Cristianismo de um homem do que o Cântico dos Cânticos. 1 – Se a religião de um homem estiver toda em sua cabeça, uma estrutura bem definida de doutrinas, construída como trabalho de pedreiro, pedra sobre pedra, mas não exercer nenhuma influência sobre o seu coração, este livro não pode deixar de ofendê-lo; pois, nele não há declarações rígidas de doutrina sobre as quais a sua religião sem coração possa ser construída. 2 – Ou, se a religião de um homem for toda em sua imaginação; se, como Flexível em O Peregrino, ele seja levado pela beleza exterior do Cristianismo; se, como a semente lançada sobre o solo rochoso, a sua religião é é estabelecida apenas nas faculdades superficiais da mente, enquanto o coração permanece rochoso e impassível; embora ele desfrute do Livro, mais do que o primeiro homem, ainda assim, há um ar misterioso de íntima comoção nele, em que não pode senão fazê-lo tropeçar e ofender-se. 3 – Mas se a religião de um homem for a religião do coração; se ele não tem não apenas doutrinas em sua cabeça, mas o amor de Jesus em seu coração; se ele não tem somente ouvido e lido do Senhor Jesus, mas tem sentido a sua necessidade dEle, e foi levado a apegar-se a Ele, como o primeiro entre dez mil, e totalmente desejável, então este livro será inestimavelmente precioso para sua alma; pois contém os mais ternos suspiros do coração do crente pelo Salvador, e os mais ternos desejos do coração do Salvador em direção ao crente.


+info: 5 SERMÕES EM CANTARES DE SALOMÃO | Autor: Robert Murray M´Cheyne (1813-1843) | Tradução: William Teixeira e Camila Almeida | O Estandarte de Cristo, 2016

Site O Estandarte de Cristo

Comprar: Amazon

2 comentários em “Breve Comentário: 5 sermões em Cantares de Salomão

    1. Fico feliz Rudi rsrs. Não tem coisa melhor que saber que outra pessoa está lendo coisas por nossa indicação. (a palavra “coisa” é a que mais aparece no meu vocabulário kkkk)

      Que isso rapaz, Levítico e Cantares, são difíceis mais incríveis.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s