Sobre esses dias de quarentena #2

Talvez eu seja uma tola, mas não imaginava que em primeiro de maio as coisas estariam como estão, que iriam se agravar dessa forma e principalmente, que o isolamento social duraria tanto tempo. Não imaginava, mas é o que aconteceu.

Leia mais Sobre esses dias de quarentena #2

Maria e Ana

Com saudades de usar as palavras, fui instigada a escrever sobre quem amo. Ela faz parte do meu mundo muito antes de eu nascer e sempre acreditou em mim, até quando muitos já davam o caso por perdido. Estou a falar da minha Maria, a minha avó. A vida tem nos levado a estar cada […]

Leia mais Maria e Ana

eu no chão

Jamais, jamais imaginaria há um ano atrás, como minha vida estaria agora. Chorei, chorei demais, por um momento tudo estava perdido. Por um momento, tudo no chão, eu no chão, ajoelhada, prostrada diante de ti fonte da minha vida.

Leia mais eu no chão

Identificação

­­­­Consideraram-te bastardo, sem saberem que eras filho do próprio Deus que eles tão zelosamente faziam menção de falar. Viveste pacientemente segundo a cultura em que nasceste, porque sempre fez parte de ti respeitar os homens e as suas formas de estar, de viver.

Leia mais Identificação

Os órfãos

Nesse mês do Especial da Criança, dedicado aqui no blog à literatura infanto-juvenil, houve algo comum em todas as obras resenhadas aqui no blog com exceção de uma. Heidi, Sophie, Peter Pan e Mary são todas crianças órfãs, todas personagens infantis sozinhas nos mundos criados por seus autores.

Leia mais Os órfãos