Sobre esses dias de quarentena (I)

Que clima tenso! Hoje faz sete dias que não saio de casa. Por algumas razões tive de me recolher alguns dias antes da questão do coronavírus explodir em Belo Horizonte, e agora, a cada dia que passa, as coisas se agravam, de maneira que o isolamento é uma realidade e necessidade.

Continue reading →

Vivo

Não queria atravessar crises existenciais. O melhor mesmo era saber todas as técnicas para lidar com a ansiedade e o pânico. Ou, até mesmo, compreender na plenitude quem sou eu.

Continue reading →

Resenha livro: Um Coração Inabalável de Elyse Fitzpatrick

Elyse Fitzpatrick é uma mulher americana, cristã, esposa, mãe e avó. Nasceu em 1950 e é autora de muitos livros. Um coração inabalável, publicado em 2006 é o segundo título que leio dela e a impressão continua a mesma. Ela escreve muito bem, de forma simples e clara; partindo sempre de sua própria vulnerabilidade sem se aventurar teologicamente por sua interpretação pessoal. Ela não se amarra na teoria fria, mas não se deixa ser guiada só por sua experiência prática de vida que parece ser cheia de vales e montes por sinal.

Continue reading →

Um dia de cada vez

Tudo quanto existe nas sociedades contemporâneas revela evolução. O Homem evoluiu, a tecnologia evoluiu, enfim…, o mundo evoluiu. Tudo isso facilitou e simplificou bastante o modo como nos mantemos em contacto, como recebemos respostas imediatas e notícias importantes. Ou seja, na sociedade em que estamos inseridos há sempre vantagem e rapidez nas informações a receber e nas decisões a tomar. Mas, tenho cá para mim que isso não está a ser bem discernido por nós. Digo isto, por saber que nos tornámos pessoas muito centradas no próprio umbigo e (demasiado) imediatas. Infelizmente, diante de tamanho avanço, o que noto é que o ser humano se esqueceu que precisava também evoluir na maneira como deve lidar e vivenciar as suas emoções.

Continue reading →

Resenha livro: Vencendo Medos e Ansiedades de Elyse Fitzpatrick

Nossos medos são como correntes em volta de nossos corações – eles nos paralisam, prendem e escravizam. Mas Jesus Cristo é a chave que pode banir todos os seus medos e libertá-la. Ele é capaz de fazer isso porque o amor dele é mais poderoso do que os seus medos. (pg.15)

Continue reading →