Resenha livro: Minha Vida de Anton Tchekhov

Minha Vida publicada em 1896, é uma das poucas narrativas longas do Tchekhov que escreveu principalmente contos.

É impossível ler a obra do autor e não se interessar pela história da Rússia. Dá para sentir seu contato real com as várias camadas da sociedade da época. Suas descrições, das pessoas, dos lugares, da sociedade, seu próprio ponto de vista sobre a vida expressado através de seus melancólicos personagens é diferente de tudo que eu já tinha lido até considerando outros autores russos.

Continue reading →

Resenha livro: O Assassinato e Outras Histórias de Anton Tchekhov

…cada um tem o seu lugar neste mundo.

Passei pelos contos do Tchekhov durante um curso de escrita criativa que fiz. Esperava pelo momento em que pudesse retornar a eles com mais calma, o N-Estórias foi perfeito. Encontrei essa edição dos Clássicos Abril na biblioteca pública aqui de BH Luiz Bessa.

Continue reading →

Breve comentário: Os Mujiques de Tchekhov

Estou gostando bastante de escrever esses comentários curtos sobre contos. A tendência é manter isso aqui rss, espero que vocês gostem. O objetivo é expressar somente minha opinião, sem revelar nada ou o mínimo do enredo, da história. Um exercício que já faço nos textos de resenha é verdade, só que de forma bem mais objetiva. Enfim, vamos ao conto de hoje:

Continue reading →