Resenha livro: Minha Vida de Anton Tchekhov

Minha Vida publicada em 1896, é uma das poucas narrativas longas do Tchekhov que escreveu principalmente contos.

É impossível ler a obra do autor e não se interessar pela história da Rússia. Dá para sentir seu contato real com as várias camadas da sociedade da época. Suas descrições, das pessoas, dos lugares, da sociedade, seu próprio ponto de vista sobre a vida expressado através de seus melancólicos personagens é diferente de tudo que eu já tinha lido até considerando outros autores russos.

Continue reading →

Resenha livro: Risco Escuro na Claridade de Maiky Silva

“Que é a loucura se não for o vazio de significado? Ou quem sabe centenas de significados chocando-se sem uma linha que os ligue a um só sentido?”

Continue reading →

Resenha livro: Tilly de Frank E. Peretti

Conheci as obras do escritor Frank Peretti na virada da infância para adolescência. Lembro-me que até então, só havia lido ficções seculares e que foi realmente incrível ver as temáticas cristãs na literatura. Por isso, com nostalgia, sempre que posso volto ao gênero. Gosto muito da proposta da mescla cristianismo e literatura e penso inclusive, que deveria ser mais explorada.

Continue reading →