A Terra do Nunca

De todas as ilhas deliciosas que existem, a Terra do Nunca é a mais aconchegante e compacta; não é grande e espalhada, sabe?, com aquelas distâncias chatas entre uma aventura e outra. É bem apertadinha. Quando você brinca nela durante o dia, usando as cadeiras e a toalha da mesa, ela não é nem um pouco assustadora. Mas, nos dois minutos antes de você ir dormir, ela fica quase, quase real. É por isso que a gente deixa uma luzinha acesa no quarto durante a noite.

Do livro: Peter Pan, de J.M. Barrie, 1911. Zahar, 2012, 224p.

Ele fez mais

“Não importa o que você tenha feito para alcançar Deus; Ele fez mais. Não importa o quanto você quer Deus; Ele quer você mais. Qualquer coisa que você esteja disposto a fazer por Jesus, Ele já fez mais por você. O próprio fato de você desejar a Deus é indicação de que Ele já deseja você e tem aberto um caminho para reconciliação. Deus ama você e conhece você desde antes da fundação do mundo. Desde antes de você ter nascido. Desde antes de você ter se interessado em procurá-lo. Há muito tempo, Ele pós em ação o seu plano para salvá-lo, perdoá-lo, curá-lo, e restaurá-lo.”

Do livro: Amigo de pecadores, de Rich Wilkerson Jr. CPAD, 2019, 232p.

A mensagem de Jesus

“Sua mensagem não é política. Não é de justiça social. Não é econômica. Não é de direitos de gênero. Não é ambiental. A mensagem de Jesus é que todos nascemos doentes, mas Ele veio para curar-nos. Todos somos pecadores, mas Ele veio para chamar-nos ao arrependimento. NEle, existe a graça, a saúde e a vida.”

Do livro: Amigo de pecadores, de Rich Wilkerson Jr. CPAD, 2019, 232p.

Inteligência

“Francis Crozier agora entendia que a coisa mais desejável e erótica que uma mulher podia vestir eram as muitas camadas recatadas como as que … vestia para jantar na casa do governador, seda suficiente para esconder as linhas de seu corpo, permitindo que um homem se concentrasse na excitante adorabilidade de sua inteligência.”

Do livro: Terror, de Dan Simmons. Rocco, 2017, 752p.

Jamais tinha conhecido seu pai

“Jamais tinha conhecido seu pai. E talvez ninguém jamais tivesse. Com sua timidez, seu formalismo e seus tirânicos acessos de raiva, ele protegia seu íntimo com tamanha ferocidade que se a pessoa o amava, como ela o amava, aprendia que a maior gentileza que podia fazer com ele era respeitar sua privacidade.”

Do livro: Jonathan Franzen, As Correções. Companhia das Letras, 2011, 586p.

O autodomínio é construído…

O autodomínio é construído quando você corre mais do que correu antes, quando sobe uma montanha mais alta do que qualquer outra, quando toma um banho de sauna e depois rola na neve. As aventuras por si mesmas provocam alegria; por outro lado o desafio, o risco e a dor se combinam para estimular uma confiança que pode servir muito bem em tempos de crise.

Do livro: Paul Brand e Philip Yancey. A Dávida da Dor. Editora Vida, 2005, 436p

A infelicidade humana (Tomás de Kempis)

Continue reading →